As ações a desenvolver pelo GPS 4G integram dois eixos de intervenção, ligados ao emprego, formação e qualificação e ao auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou capacitação e desenvolvimento comunitários.

Eixo 1 - Emprego, formação e qualificação

gps1Ação 1 – Capacitar e ajudar a desenvolver atitudes de procura ativa de emprego. Pretende-se com esta ação capacitar os/as destinatários/as para uma atitude de procura ativa de emprego através do desenvolvimento de competências transversais, relacionadas fundamentalmente com o “saber ser” e o “saber estar”, potenciadoras da empregabilidade. Para o efeito serão desenvolvidas as seguintes atividades:

- Programa de capacitação para a empregabilidade, a adaptar em função do perfil do público destinatário, ativando um conjunto de competências e de atitudes favoráveis à procura de emprego e integração no mercado de trabalho. Será criada e dinamizada uma Academia de Competências, no âmbito da qual será desenvolvido um Programa de Soft Skills. Apostaremos, de uma forma transversal a todos os temas que venham a ser trabalhados nesta academia, no desenvolvimento de competências digitais, nomeadamente no que reporta à literacia tecnológica facilitadora da sua integração e acesso ao mercado de trabalho.

- Sessões individuais de apoio, será levado a cabo um trabalho personalizado de incentivo, orientação e encaminhamento das pessoas desempregadas para as diferentes ações de capacitação e de acesso ao mercado de trabalho promovidas pelo projeto e/ou outros recursos.

- Mentoria, no âmbito da concretização dos planos de inserção profissional desenhados nas sessões individuais de apoio, serão envolvidos/as mentores/as das áreas de atividade profissional em causa (empresários, dirigentes, figuras de referência, …), que facilitem processos de capacitação e acesso ao mercado de trabalho.

Ação 2 - Informar sobre o conteúdo e abrangência das medidas ativas de emprego e oportunidades de inserção em instituições do território

Esta ação já está a ser assegurada pelos diferentes GIP’s existentes no território pelo que a nossa intervenção consistirá, apenas, no acompanhamento do seu trabalho.

Ação 3 - Informar e encaminhar para oportunidades de qualificação desenvolvidas pelas autoridades públicas e privadas.

Pretende-se com esta ação facilitar o conhecimento e o encaminhamento de pessoas em situação de desemprego para a oferta educativa e formativa existente no concelho de Fafe. Para o efeito, será efetuado um levantamento anual de toda a oferta formativa e educativa das entidades formadoras, públicas e privadas, com atuação no concelho, que será devidamente organizado e divulgado junto dos/as destinatários/as do projeto e das organizações do território que desenvolvem ações com este público. Para além disso, fruto do trabalho desenvolvido no âmbito do projeto, será efetuado o encaminhamento dos/as destinatários/as do projeto para esta oferta formativa, tendo em conta o seu perfil e motivações.

De realçar que esta ação será desenvolvida em estreita articulação com o IEFP e entidades formadoras privadas com atuação no concelho.

Ação 4 – Sensibilizar os empresários, as instituições e as entidades empregadoras locais para uma participação ativa na concretização das medidas ativas de emprego e em processos de inserção profissional e social.

No âmbito da mediação entre as pessoas em situação de desemprego e as entidades empregadoras, a desenvolver pelo projeto, será efetuada de forma personalizada a sensibilização destas últimas para a integração profissional das primeiras, nomeadamente ao abrigo das medidas ativas de emprego.

De forma mais estruturada, será desenvolvido um processo de “matching” entre, por um lado, a população mais jovem e adultos à procura de emprego e que revelem vocações e/ou talentos profissionais e, por outro lado, empresas do território ao abrigo das suas práticas de responsabilidade social e em consonância com os seus interesses específicos no recrutamento de pessoas.

Ação 5 –Apoiar o enquadramento de projetos de autoemprego e de empreendedorismo nos diferentes programas de apoio, promovendo o encaminhamento para o apoio técnico.

Esta ação já está a ser assegurada pelas diferentes EPAT’s com intervenção no concelho pelo que a nossa intervenção consistirá, apenas, no acompanhamento do seu trabalho.

Ação 6 – Contribuir para a sinalização, encaminhamento e orientação de alunos que abandonam ou concluem o sistema educativo, no sentido de desenvolver ações de favorecimento da integração profissional.gps3

Esta ação assentará em diferentes atividades correspondentes a momentos distintos de um processo. São elas:

- Organização de eventos com influenciadores digitais convidados, enquanto estratégia e espaço para captação do interesse dos jovens e sua mobilização mediante o seu envolvimento em desafios práticos que serão lançados pelos primeiros.

- Academia de Líderes Ubuntu, favorável ao desenvolvimento de capacidades pessoais facilitadoras da ação em benefício da sua integração profissional, escolar, ou envolvimento em projetos de inovação e empreendedorismo social ao serviço da comunidade.

- Academia de Competências para Jovens, favorável ao desenvolvimento de competências pessoais facilitadoras da sua integração profissional, com recurso a ferramentas específicas, cujo objetivo é aumentar entre a população desempregada a predisposição para o empreendedorismo, para oportunidades de desenvolvimento da sua empregabilidade e para o reconhecimento pessoal das suas competências profissionais.

Será ainda proporcionado apoio individualizado à concretização dos projetos de vida resultantes deste processo.

Ação 7 – Desenvolver ações que estimulem as capacidades empreendedoras dos alunos do ensino secundário, numa perspetiva de reforço da iniciativa, da inovação, da criatividade, do gosto pelo risco e que constituam uma primeira abordagem à atividade empresarial.

Esta ação já está a ser assegurada no concelho pela Comunidade Intermunicipal do Ave no âmbito do Projeto In.Ave, através das Escolas Empreendedoras, pelo que a nossa intervenção consistirá, apenas, no acompanhamento do seu trabalho.

Ação 8 – Tradição e Inovação: a Arte da Palha.

Iniciativa de empreendedorismo social centrada na exploração económica da arte da palha, capaz de criar oportunidades de emprego e/ou rendimento adicional para os/as participantes ao longo das diferentes fases da produção da palha e dos produtos a criar. Para o efeito, serão dinamizadas as seguintes atividades:

- Identificação do estado da arte da trança da palha com base num processo de design participativo.

- Organização de eventos de recreação de tradições associadas ao cultivo e tratamento da palha.

- Oficina Criativa da Trança da Palha: tendo por base este que é um dos elementos mais significativos do património etnográfico do território de Fafe, será desenvolvida uma oficina de aprendizagem e produção deste artesanato, que deverá ser transformado em novos produtos com valor comercial e ecológico associados à moda e outros de carácter utilitário, viabilizando o retorno económico para as pessoas abrangidas.

- Apoio à incubação desta iniciativa.

- Criação de canais de comercialização.

gps2Ação 9 – Estratégias alternativas para a empregabilidade

Entre os/as destinatários/as com percursos e vivências marcadas por um complexa vulnerabilidade social, será implementado um programa de desenvolvimento pessoal e social com recurso a novas abordagens, trabalhando componentes psicossociais e artísticas:

- Oficina de Emoções: atividades de mindfulness direcionadas para a empregabilidade e o empreendedorismo das pessoas, apoiando-as na gestão de novos desafios e ajudando-as a descobrir o seu potencial profissional e a definir novas estratégias de procura ativa da emprego / inserção no mercado de trabalho.

- Oficinas Artísticas: partindo de grupos de discussão e tendo por base as vivências individuais de participantes em situação de desemprego, serão criados espaços artísticos centrados em construções de natureza plástica

- Empreendedorismo Inclusivo: no decurso de identificação de competências específicas em torno do saber-fazer de outros produtos ou serviços no âmbito de outras ações de apoio à empregabilidade, o projeto apoiará a emergência e desenvolvimento de outros negócios sociais, de iniciativa individual ou coletiva, que capitalizem a experiência das pessoas em situação de desemprego ou outra desvantagem social, e que tenham retorno económico e/ou que gerem oportunidades de emprego.

Ação 10 – Clubes de produtores e consumidores

Clube de produtores, nomeadamente para produtos hortícolas e frutícolas, produtos alimentares caseiros ou artesanato urbano, assim como a criação de um clube de consumidores, apostando na proximidade dos produtores locais e na criação de uma marca local, em complementaridade com outras dinâmicas locais já existentes.

Ação 11 – Mercado de Oportunidades

De forma transversal a todas as ações, terá lugar anualmente um mercado de oportunidades, que contempla as seguintes mostras, seja de produtos e serviços produzidos no âmbito de iniciativas empreendedoras individuais ou coletivas apoiadas pelo projeto, seja de recursos existentes no território que podem responder aos interesses de qualificação e emprego da população à procura de emprego.

Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou capacitação e desenvolvimento comunitários

Ação 12 – Apoio à auto-organização dos habitantes

No âmbito do processo de reabilitação física e social do Bairro da Cumieira, pretende-se criar uma Associação de Moradores neste bairro de habitação social, que seja representativa dos interesses da população aí residente e desenvolva atividade numa dupla vertente: por um lado, interlocução junto de outras entidades para a promoção da qualidade de vida do bairro e, por outro lado, dinamização de eventos de carácter cultural, social e desportivo.

gps4g v17

Entidade Coordenadora

SoldoAve RGB site

Entidade Parceira

municipio


Cofinanciado por
poise
P2020logo
UE FSE

logosSSeISS

clds4g

 

Powered by Amazing-Templates.com 2014 - All Rights Reserved.